GUINCHO RECEBE AS DUAS ÚLTIMAS ETAPAS

A praia do Guincho em Cascais recebe nos dia 11 e 12 de setembro as derradeiras etapas do Campeonato Nacional de Bodysurf 2021, Open e Junior.


Na luta pelo título Open estão Miguel Rocha com duas vitórias e um terceiro lugar e Jaime Bonito ainda sem uma vitória, mas com dois segundos lugares e um terceiro. Enquanto Miguel Rocha depende apenas de si, já Jaime Bonito tem de vencer as duas etapas e esperar que Miguel Rocha não faça melhor que terceiro em nenhuma das etapas e ainda o vencedor da última etapa Diogo Areias que tal como Jaime está obrigado a vencer as duas últimas etapas e esperar que Miguel Rocha não fique em segundo em nenhuma.


Nos Juniores, Tiago Mesquita é o favorito para o título pela consistência que tem demonstrado com um quarto, um segundo e um primeiro lugar, no entanto António Pereira Coutinho pode ainda chegar ao título sendo que para isso está obrigado a vencer as duas etapas restantes, tal como Carlos Guimarães atualmente no segundo lugar e a necessitar de duas vitórias nas etapas restantes.


De volta ao Campeonato Nacional de Bodysurf está Bernardo Cancela de Abreu que regressa após uma aparição no primeiro ano desta prova. Bernardo treinador e Bodyboarder é o wildcard para este evento.



Ranking atualizado após a prova de Santa Cruz


Open

1º Miguel Rocha

2º Jaime Bonito

3º Diogo Areias

4º Tiago Mesquita

5º Tiago Ramos

6º João Martins

7º João Moço

8º João Brogueira

9º João Perdiz

10º Rui Lopes


Júnior



1º Tiago Mesquita

2º Carlos Guimarães

3º António Coutinho

4º Francisco Coutinho

5º Gui Santos


O Calendário e Locais para 2021:


1ª Etapa – Costa da Caparica – 8 de maio

2ª Etapa – Vagueira - 6 de junho

3ª Etapa – Stª Cruz – 5 de setembro

4ª Etapa –- Cascais – 11 de setembro

5ª Etapa – Cascais - 12 de setembro




As inscrições para as etapas estão abertas até às 24 horas de dia 8 de Setembro em www.bodysurfportugal.com


Este campeonato só é possível com o apoio da Câmara Municipal de Almada, do Leblon, da Câmara Municipal de Cascais, da Aqua Carca, da Câmara Municipal de Torres Vedras, da Sealand, da Manel Sport, da Câmara Municipal de Vagos, da Associação de Surfistas de Vagos, do Mare, da Stay Salty , da Dafin Hawai, da AHUA, da UCA, da GALO, da Espumantaria, do restaurante Peixola, do Ferroviário, da Gwiker, da Portugal Rent, da Surfrider Foundation Europe Lisboa, dos parceiros de media MEO Beachcam , Sport TV, da Federação Portuguesa de Surf e da Associação Surf Social Wave que assume a organização deste campeonato mas sobretudo dos bodysurfers que são o maior incentivo para levar este campeonato mais longe.


A Associação Surf Social Wave é uma associação sem fins lucrativos de caracter social, que atua na área do surf, contribuindo através da prática deste desporto e de todas as valias que o mesmo traz, quer do ponto de vista da capacitação física, quer do ponto de vista da aquisição de competências, para a melhoria de vida de três segmentos da sociedade em situação de exclusão social ou em risco de exclusão. Este é um projeto estruturante e estruturado, que está alavancado nos principais parceiros do surf em Portugal e conta com parceiros institucionais.


Logo BSP 2021 (9).png
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon