Ocean Spirit sagra Campeão Nacional Júnior Guilherme Santos

Acabou ao princípio da tarde na Praia de Santa Cruz, Torres Vedras e dentro do contexto do maior Festival de Ondas Ocean Spirit a 4ª etapa do Campeonato Nacional de Bodysurf que sagrou como vencedores Jaime Bonito na categoria Open e Guilherme Santos na categoria Júnior que carimbou nesta etapa o título de Campeão Nacional Júnior 2022.



No regresso ao Ocean Spirit depois de dois anos de ausência deste grande festival de ondas, o Campeonato Nacional de Bodysurf trouxe uma vez mais um nível de competição e muitas surpresas a esta etapa.


O dia começou pelas 08h15 com a primeira bateria do dia a ir para água com ondas a rondar o meio metro e pouco vento. Nesta primeira bateria sentiu-se que os atletas procuraram a zona ideal, tendo sido João Brogueira que acabou por conseguir encontrar boas ondas e passou assim a sua bateria em primeiro. A segunda bateria do dia acabou por ser cancelada devido à falta de comparência de três atletas que não conseguiram chegar a tempo à prova devido a um problema com a viatura em que seguiam. Entre eles um dos candidatos ao título open, Miguel Rocha que acabou por faltar à sua bateria.



A seguir à segunda meia-final do Open a organização avaliou as condições e decidiu parar devido à pouca consistência de ondas com a maré mais cheia.

Apenas pelas 15h15 foi retomada a prova com a final júnior onde foi renhida a luta entre Tiago Mesquita e Guilherme Santos acabando este último por garantir a vitória na etapa e o respetivo título nacional, após vencer 3 das 4 etapas deste ano.

Os outros dois atletas da final, Carlos Guimarães e David Nascimento estiveram bem, mas com ferramentas insuficientes para chegar aos dois atletas da frente. David Nascimento veio pela primeira vez participar numa prova de Bodysurf tendo levado algumas aprendizagens e vontade de voltar.


Na Categoria Open, a final contou com vários candidatos ao título, Rodrigo Carrajola, Diogo Areias e Jaime Bonito e um estreante Rafael Elias que chegou pela primeira vez a uma final Open após ter feito algumas finais enquanto júnior no passado.

A bateria decorreu com troca de ondas que foi fazendo uma mudança na classificação, sendo que já nos últimos oito minutos, Jaime Bonito conseguiu encontrar uma boa direita que foi trabalhando até à areia com várias manobras, sendo a manobra fundamental um rolo com bastante projeção e que acabou por ditar uma nota que lhe permitiu chegar ao primeiro lugar e mantê-lo até ao fim da bateria. Deixando o Rodrigo Carrajola em segundo lugar, o Diogo Areias em terceiro e o estreante Rafael Elias em quarto.






Para a Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Laura Rodrigues, que tem vindo a acompanhar a evolução do Bodysurf dentro do contexto do Ocean Spirit “é sempre uma prazer receber a família do Bodysurf, que representa também uma tradição de Santa Cruz e trás valor ao Ocean Spirit”


A próxima etapa está já marcada para o dia 1 ou 2 de outubro em Cascais.


Resultados:

Open

1º Jaime Bonito

2º Rodrigo Carrajola

3º Diogo Areias

4º Rafael Elias


Junior


1º Guilherme “Gui” Santos

2º Tiago Mesquita

3º Carlos Guimarães

4ª David Nascimento



O Calendário e Locais para 2022:


1ª Etapa - CAPARICA – 7 de maio

2ª Etapa – Praia da Areia Branca- Foz -LOURINHÃ - 19 de junho

3ª Etapa - VAGOS - 10 de julho

4ª Etapa - OCEAN SPIRIT – 24 julho

5ª Etapa - CASCAIS - 1 ou 2 de outubro



A prova tem a duração de um dia, no entanto são marcadas com uma janela de espera de dois dias, sendo decidido o dia de prova na quarta-feira anterior de modo a garantir as melhores condições para os atletas.



As inscrições estão abertas em www.bodysurfportugal.com






Este campeonato só é possível com o apoio da Câmara Municipal de Almada, do Leblon, da Capitania do Porto de Lisboa, da Camara Municipal da Lourinhã ,do Praia Surf Clube, da Câmara Municipal de Cascais, da Aqua Carca, da Câmara Municipal de Torres Vedras, da Sealand, da Câmara Municipal de Vagos, da Associação de Surfistas de Vagos, do Mare, da Salty e da AHUA, da UCA, da Portugal Natural, da NIXON, da Espumantaria, do restaurante Peixola, do Ferroviário, da Portugal Rent, da Surfrider Foundation Europe Lisboa, dos parceiros

de media MEO Beachcam, da Federação Portuguesa de Surf e da Associação Surf Social Wave que assume a organização deste campeonato, mas sobretudo dos bodysurfers que são o maior incentivo para levar este campeonato mais longe.

Logo BSP 2021 (9).png
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon