top of page

Bodysurf regressa a Carcavelos, Cascais

Decorre no dia 16 de setembro na Praia de Carcavelos Cascais a derradeira etapa do Campeonato Nacional de Bodysurf, open e júnior que sagra os dois campeões nacionais já decididos em 2023. No Open Miguel Rocha que aos 40 anos se tornou pela 4ª vez Campeão Nacional de Bodysurf e nos juniores Gui Santos que se sagrou em 2023 bi-campeão nacional de Bodysurf.


Depois de uma época recheada de boas ondas, o regresso a Carcavelos após quase seis anos traz grandes expetativas para a organização que gostaria de ter uma última

etapa do 9º ano do Campeonato Nacional de Bodysurf com boas ondas, premiando desta forma os atletas que têm vindo a subir muito o nível durante esta época desportiva.


Esta prova será também uma celebração para Miguel Rocha e Gui Santos que chegam já com os títulos de campeão nacional, sobretudo Gui Santos que competirá em casa, na praia do seu clube, AquaCarca.


A prova tem o check-in marcado para as 08h00 com início previsto pelas 08h30, na Praia de Carcavelos, junto à Pastorinha.


Neste ultimo dia de época de 2023 a organização irá também levar a cabo uma limpeza de praia, pelas 16h com a Surfrider Foundation Lisboa e a presença de Sharona Shnayder – jovem exploradora da National Geographic.

Ranking após 4ª Etapa


Open


1º Miguel Rocha - AVS

2º Rodrigo Carrajola – ESC

3º Diogo Areias – VSC

4º Pedro Collaço - PPSC


Júnior


1º Gui Santos – AQUACARCA

2º Santiago Boia – ADMS

3º Filipe Nascimento - ADMS

4º Maria Nunes – ADMS




As baterias já estão disponíveis online em www.bodysurfportugal.com



Este ano o calendário é composto por cinco etapas que vão a alguns dos mais icônicos locais de ondas em Portugal. Tipicamente as etapas são marcadas com um período de espera de dois dias, sendo que a decisão do dia é realizada em função das melhores condições para os atletas.



Em 2023 o calendário e Locais são


1ª Etapa–1 de maio –Figueira da Foz

2ª Etapa – 27 de maio - Lourinhã

3ª Etapa – 10 de junho - Vagos

4ª etapa –23 de julho- Santa Cruz, OCEAN SPIRIT

5ª Etapa – 16 de setembro – Cascais



Este campeonato só é possível com o apoio da Câmara Municipal da Figueira da Foz, do Clube ADMS, da Camara Municipal da Lourinhã, do Praia Surf Clube, da Câmara Municipal de Cascais, da Aqua Carca, da Câmara Municipal de Torres Vedras, da Sealand, da Promotorres, da Câmara Municipal de Vagos, da Associação de Surfistas de Vagos, do Mare, da Migas Surf School , da Billabong , da Nixon, da Dafin, do Portugal Natural, da Fonte Viva, da UCA, AHUA, da Espumantaria, do Ferroviário, da Surfrider Foundation Europe Lisboa, da Best Company e dos parceiros de media MEO Beachcam, da Federação Portuguesa de Surf e da Associação Surf Social Wave que assume a organização deste campeonato, mas sobretudo dos bodysurfers que são o maior incentivo para levar este campeonato mais longe.


A Associação Surf Social Wave é uma associação sem fins lucrativos de caracter social e utilidade publica, que atua na área do surf, contribuindo através da prática deste desporto e de todas as valias que o mesmo traz, quer do ponto de vista da capacitação física, quer do ponto de vista da aquisição de competências, para a melhoria de vida de três segmentos da sociedade em situação de exclusão social ou em risco de exclusão. Este é um projeto estruturante e estruturado, que está alavancado nos principais parceiros do surf em Portugal e conta com parceiros institucionais.

Logo BSP 2021 (9).png
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
bottom of page